Que tal um jantar ?

A “busca pelo desejo” é a provocação de um estado emocional e de uma intensidade de atração física que motiva ao envolvimento íntimo.  

Sabemos bem que um jantar, seja a solo ou acompanhado, é um lugar ideal para resgatar a nossa inspiração sexual. 

Aqui para nós: jantares são um poderoso preliminar, e para o MEL também. MEL é abreviação para Museu Erótico de Lisboa, um restaurante/bar localizado no Cais do Sodré, Lisboa.  

Juntamo-nos a eles num banquete de combinações afrodisíacas para perceber a importância dos detalhes na criação de um jantar estimulante e inesquecível.  

CRSEX: Como surgiu a ideia de combinar comida com a sensualidade? 

MEL: Desde os tempos antigos que a comida e a bebida são complementares ao erotismo. Já o Baco fazias as suas festas e orgias, rodeado de comida e vinho. 

Para além disso, há certos alimentos e especiarias que estimulam os nossos sentidos e a libertação de hormonas do prazer, como é o caso dos chocolates ou até às bananas! 

Só depois reparamos que na sua abreviação (“MEL”) já nos haviam revelado a sua essência, coincidência ou não o mel enquanto ingrediente auxilia na produção de hormônios sexuais como estrogênio e testosterona, aumentando a libido, ou seja: um estimulante 100 natural e eficaz. 

E como referimos antes, este não é o único ingrediente afrodisíaco do menu: ostras, molho picante, camarão, chocolate, flores, melão… 

Todos os pratos e cocktails parecem ser pensados ao detalhe: literalmente. O fundo dos pratos esconde um segredo, uma atenção guardada para aguçar a imaginação, mas achamos melhor não revelar.  

Além disso na mesa não há sequer talheres incentivando-nos a concentrar a nossa habilidade no ato de comer .

CRSEX: Quais as maiores inspirações do MEL ? 

MEL :A maior inspiração do MEL está nas suas paredes: La Dolce Cicciolina. Quem melhor que ela para representar a sensualidade, a libertação de preconceitos e a busca incessante do prazer? 

E a propósito das paredes: reparámos numa pequena janela escondida nas costas do amante de Cicciolina na pintura central, algo de estilo voyeur então fizemos aquela pergunta “ousada”:  

CRSEX :Vestuário erótico e fetish clothing são adequados neste espaço? 

MEL: Não, porque o MEL tem a sua entrada sempre livre e gratuita. O que levamos vestido por dentro e os nossos fetiches ficam para depois. O MEL é o sítio perfeito para vir ativar os seus sentidos, seja através da decoração, da comida ou dos cocktails, ou até da música. Prometemos deixar-vos quentes, húmidos e cheios de vontade…de continuar. 

Nós comprovamos! É impossível perder o apetite neste jantar, os detalhes provocam a nossa atenção e sentimo-nos como se tivéssemos mesmo num museu, num lugar dedicado à arte do toque e do hedonismo, numa experiência de degustação de sentidos e prazer coletivo.  

Este jantar faz-nos procurar no nosso fundo o sabor favorito, a pessoa especial, a fantasia que queremos muito realizar, um filme para ver a seguir. E já que aqui estamos queríamos muito saber: 

CRSEX: Filme favorito do MEL: 

MEL: Do MEL não sei. Mas eu diria o “Nove Semanas e Meia”. 

Terminamos assim: a sentirmo-nos íntimos e inspirados como um verdadeiro jantar afrodisíaco nos deve deixar. 

E você quando foi a ultima vez que se deixou levar assim por um ” jantar “?


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

• Developed by the BMM for CRSex•