Como acabar com as DRs

Frequência, ritmo e fantasias sexuais são os fatores que mais levam às desavenças. O ponto positivo é que, apesar da discordância, conversar sobre sexo e abrir o jogo sobre o que incomoda é meio caminho andado para a solução. Infelizmente, nem sempre o papo acontece de uma forma justa o que fazer então?

Veja alguns dicas que foram partilhadas por especialistas:

Frequência:

Quando um gosta mais de sexo do que o outro, é importante que combinem um meio-termo. Se um quer transar seis vezes por semana e o outro não, por que não tentarem pelo menos quatro? Sexo gera endorfinas e, quanto mais transamos, mais queremos transar. E mais: se a frequência sofreu uma queda repentina, é importante que o casal converse sobre o que pode ter gerado essa diminuição. Cansaço, alterações hormonais, sobrecarga no trabalho e questões de autoestima são alguns dos problemas que, em geral, afetam a frequência sexual.

Ritmo:

Por maior que seja a afinidade entre um casal, as personalidades e as maneiras de criação são diferentes, o que pode afetar suas visões de mundo sobre o sexo. Na prática, em se tratando de ritmo, o que isso significa? Alguém que cresceu associando sexo a amor, por exemplo, tende a gostar de um ritmo mais suave na cama, com carícias delicadas e um clima mais romântico. O parceiro ou a parceira, por outro lado, pode entender que sexo é a mais pura manifestação do desejo —e gostar de uma pegada mais selvagem, com movimentos mais fortes e vigorosos na hora H.

Fantasias:

Fantasias sexuais são tudo de bom numa relação e praticá-las é importante para renovar a criatividade, mas desde que os dois queiram fazer a mesma coisa. Impor ao outro qualquer prática sexual é desrespeitoso e abusivo. As conversas sobre fantasias se situam num terreno pantanoso permeado por tabus, medos e desejos nem sempre revelados por completo. É importante, no momento da própria DR, perceber além daquilo que é falado.

*fonte de especialistas do UOL


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

• Developed by the BMM for CRSex•